“Tem gente que tá pra fechar o caixão e segurando cargo”, diz Ricardo Coutinho

O governador Ricardo Coutinho (PSB) comentou, nesta sexta-feira (09), as declarações do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, na Rádio Arapuan de João Pessoa, de que a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) não renuncia ao mandato, como se cogita nos bastidores do grupo socialista.

Segundo Lupi, se Ricardo renunciar para disputar o Senado Federal, Lígia tem o direito de assumir o Governo do Estado e disputará a reeleição.

Também na Arapuan, Ricardo disse que não ouviu as declarações de Lupi, mas ratificou que nada muda, pois o candidato a governador do projeto é o secretário estadual de Infraestrutura, João Azevedo (PSB).

Ricardo também sinalizou que fica no governo e que não tem apego a cargos. Ele afirmou que já disse a vice-governadora Lígia Feliciano que sua intenção é continuar inaugurando obras até dezembro. Sem citar nomes, as declarações de Ricardo parecem ter sido direcionadas ao senador José Maranhão (PMDB), que aos 84 anos, quer disputar o Governo do Estado pela quarta vez.

“Para mim é mais importante o futuro do Estado da Paraíba, de que um mandato. Eu sei que isso é meio difícil na política, principalmente nessa política da Paraíba. Tem gente que está para fechar o caixão, e se segurando de todo jeito, no cargo, no mandato. Tem gente que já fez tantas voltas de incoerência e não largam o negócio”

O repórter indagou se com 84 anos o governador disputaria uma eleição e ele disse que “jamais”. “Eu não pretendo chegar com 84 anos na atividade política de jeito nenhum”, afirmou.

Na semana passada, em uma entrevista ao site ParlamentoPB, Maranhão analisou sua relação com o governador, afirmando que Ricardo sempre o respeitou.

Fonte: Blog Tá na Área

Ouça as declarações de Ricardo