João Pessoa vacina pessoas com comorbidades acima de 40 anos e estagiários que atuam na saúde, nesta quarta (5)

A Prefeitura de João Pessoa vai vacinar nesta quarta-feira (5) as pessoas de 50 anos de idade ou mais com deficiência (com ou sem Benefício de Prestação Continuada – BPC), pessoas a partir de 40 anos com comorbidades e trabalhadores de saúde com 30 anos ou mais, além dos estagiários de saúde, no último ano de faculdade, que atuam em hospitais, UPAs e Atenção Básica.

Também continua nesta quarta-feira (5) a vacinação de hemofílicos a partir dos 18 anos de idade, mulheres com comorbidades que estejam gestantes, puérperas, quem completou 90 dias da dose inicial da vacina Astrazeneca/Fiocruz e pessoas que tomaram a primeira dose da vacina Coronavac/Butantan até o dia 7 de abril.

A vacinação para as pessoas com deficiência acontece das 8h às 12h no Instituto dos Cegos da Paraíba (Bairro dos Estados), Centro Helena Holanda (Pedro Gondim), Associação Pestalozzi da Paraíba (Cristo Redentor) e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – Apae (Bancários).

As pessoas com comorbidades que tenham 40 anos de idade ou mais, trabalhadores de saúde a partir dos 30 anos e os estagiários de saúde podem tomar a primeira dose do imunizante da Astrazeneca/Fiocruz em dois postos do tipo drive-thru – Santuário Mãe Rainha (Aeroclube) e Mangabeira Shopping (Mangabeira) – e mais 10 ginásios distribuídos pela cidade (veja abaixo).

 

O horário de atendimento nos postos de drive-thru será das 9h às 15h e o funcionamento dos ginásios será das 8h às 12h.

As comorbidades são hipertensão, diabetes mellitus, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos imunossuprimidos, pessoas com obesidade grau 3 – IMC >40.

Para as pessoas com deficiência, podem se vacinar quem tem limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escadas, quem tem grande dificuldade ou incapacidade de ouvir, quem tem grande dificuldade ou incapacidade de enxergar e quem tem deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais.

As pessoas que tomaram a primeira dose da vacina Coronavac/Butantan até o dia 7 de abril devem receber a dose de reforço no posto drive thru no Centro Universitário de João Pessoa (Unipê). Quem já completou 90 dias da dose inicial da vacina Astrazeneca/Fiocruz, toma a segunda dose no drive thru da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O horário de atendimento nos dois postos será das 9h às 15h.

Locais de vacinação

Pessoas com deficiência (1ª dose de Astrazeneca) – 8h às 12h:

  • Instituto dos Cegos da Paraíba (Bairro dos Estados)
  • Centro Helena Holanda (Pedro Gondim)
  • Associação Pestalozzi (Cristo Redentor)
  • Apae (Bancários)

Pessoas com comorbidades que tenham 40 anos de idade ou mais, trabalhadores de saúde a partir dos 30 anos, estagiários de saúde, hemofílicos a partir dos 18 anos de idade, mulheres com comorbidades gestantes ou puérperas (1ª dose de Astrazeneca):

Ginásios – 8h às 12h

Distrito Sanitário I

  • Escola Estadual Papa Paulo VI (Cruz das Armas)
  • Escola Municipal Dom José Maria Pires (Oitizeiro)

Distrito Sanitário II

  • Escola Municipal Darcy Ribeiro (Funcionários II)
  • Escola M. Jornalista Raimundo Nonato Batista (Gramame)

Distrito Sanitário III

  • Escola Municipal Dom Helder (Valentina de Figueiredo)
  • Centro Cultural Tenente Lucena (Mangabeira)

Distrito Sanitário IV

  • Instituto Federal da Paraíba – IFPB (Jaguaribe)
  • Ginásio Ivan Cantisani (Tambiá)
 

Distrito Sanitário V

  • Escola Municipal Leonel Brizola (Tambauzinho)
  • Escola Municipal Seráfico da Nóbrega (Tambaú)

Drive thru/pedestres – 9h às 15h

  • Santuário Mãe Rainha (Aeroclube)
  • Mangabeira Shopping (Mangabeira)

2ª dose:

Drive thru – 9h às 15h

  • Astrazeneca/Fiocruz: UFPB – acesso pelo HU (Castelo Branco)
  • Butantan/Coronavac: Unipê (Água Fria)

Documentos

Quem for tomar o reforço é imprescindível levar documento oficial com foto, o cartão de vacinação com a primeira dose, cartão do SUS, CPF e comprovante de residência. O título de eleitor, como comprovação de residência na cidade, é opcional.

Os trabalhadores de saúde que irão tomar a vacina devem apresentar os seguintes documentos, devendo levar cópias para ficarem retidas: carteira do conselho profissional mais a declaração que comprove o trabalho direto com síndrome gripal ou contracheque.

A Secretaria Municipal de Saúde passou a exigir também comprovante de residência para aplicar a vacina.

Grande parte do grupo formado por idosos institucionalizados, a partir de 60 anos, e os trabalhadores das instituições de longa permanência já foi vacinado. Porém, o agendamento para a vacinação desses idosos com restrições de locomoção continua sendo realizado pelos telefones 3214-7219 e 3214-7971.

É preciso que o grupo especial, de pessoas com comorbidade, levem uma documentação que comprove suas condições. De acordo com a prefeitura de João Pessoa, os documentos ficarão retidos e disponíveis para averiguação do Ministério Público.

Agendamento

Segundo o município, o ideal é que as pessoas que serão vacinadas façam o agendamento na plataforma da prefeitura – com site e o aplicativo ‘Vacina João Pessoa’. A ação pode evitar a formação de filas de veículos.

Quem não fizer o agendamento, também pode ir até a um dos pontos indicados.

Fonte: G1