João Pessoa tem 37 áreas com alto índice de infestação pelo Aedes aegypti, diz secretaria; veja lista

Pelo menos 37 áreas de João Pessoa têm um alto índice de infestação pelo mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya. Os dados são de uma pesquisa divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nesta segunda-feira (15).

Conforme o levantamento, as cinco áreas com maior índice estão localizadas no Bairro das Indústrias, Cruz das Armas, Ernani Sátiro, Mumbaba e Oitizeiro (veja a lista completa abaixo).

Localidades com alto índice de infestação pelo Aedes aegypti em JP

  1. Bairro das Indústrias
  2. Cruz das Armas
  3. Ernani Sátiro
  4. Mumbaba
  5. Oitizeiro
  6. Cristo
  7. Geisel
  8. Funcionários
  9. Gramame
  10. Grotão
  11. João Paulo II
  12. Varjão
  13. José Américo
  14. Mangabeira
  15. Barra de Gramame
  16. Muçumagro
  17. Paratibe
  18. Valentina
  19. Alto do Céu
  20. Ipês
  21. Centro
  22. Ilha do Bispo
  23. Jaguaribe
  24. Varadouro
  25. Altiplano
  26. Bancários
  27. Bessa
  28. Cabo Branco
  29. Castelo Branco
  30. Jardim Cidade Universitária
  31. Jardim Oceania
  32. Manaíra
  33. Miramar
  34. Pontal dos Seixas
  35. Portal Sol
  36. São José
  37. Torre

Segundo a secretaria de saúde, as localidades que estão na lista não possuem alto índice de infestação em toda a extensão, mas em algumas partes.

Todas as áreas, segundo a SMS, vão receber ações intensificadas de controle do mosquito com batidas de focos, capturas de larvas e eliminação ou tratamento focal.

A pesquisa foi realizada em conjunto pela Vigilância Ambiental, Fiocruz e o Ministério da Saúde. Durante o levantamento foram utilizadas Armadilhas Ovitrampas, que recolhem os ovos do Aedes aegypti. Em apenas duas semanas, pelo menos 15.026 ovos foram coletados.

 

Em 2020, pelo menos 2.610 casos de dengue na Capital e 752 de chikungunya foram registrados em João Pessoa. Neste ano, nos meses de janeiro e fevereiro, foram notificados 157 casos de dengue e nove de chikungunya.

Quem souber de localidades com possíveis focos do Aedes aegypti, pode denunciar por meio do número (83) 3214-5718.

Mais Bayeux com G1