Empresas que querem fornecer máscaras na Paraíba devem enviar proposta até hoje

Empresas do setor têxtil da Paraíba que estejam interessadas em fornecer máscaras reutilizáveis para a população paraibana em situação de vulnerabilidade social e econômica, além de servidores, tem até esta segunda-feira (27) para enviar as propostas. O edital tem um caráter emergencial. As empresas devem enviar suas propostas para o email sespb.nucleodecompras2@gmail.com.

Os interessados devem elaborar suas propostas contendo o valor unitário e total para os itens propostos, já considerados e inclusos todos os tributos, fretes, tarifas e despesas decorrentes da execução do objeto. Poderão ser apresentadas propostas com quantidade de insumos inferior ao demandado pela Secretaria de Estado da Saúde, respeitando-se o mínimo de 10% do volume previsto. A proposta deverá ter prazo mínimo de validade de 30 dias, contados da data da sua apresentação.

Poderão participar deste processo de aquisição toda e qualquer pessoa jurídica e microempreendedor individual cuja natureza seja compatível as exigências do edital e disponha de espaço higienizado e com equipamento de produção individual para os colaboradores que irão produzir máscaras. Além disso, terá preferência de contratação, num percentual de até 25% de cada item, os microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte.

Encerrado o prazo para envio das propostas, as empresas serão ordenadas na ordem crescente dos preços ofertados e aceitáveis, será aceita a proposta de menor preço, desde que em conformidade com o contido no projeto básico. Caso as propostas de menor valor possuam quantitativo inferior ao total previsto, respeitada a ordem de classificação, os próximos fornecedores também serão contratados para fornecimento dos insumos, até o limite do volume total dos itens.

No edital é possível ter acesso ao projeto básico, ao modelo da proposta, à minuta do contrato e ao modelo de declaração para microempresa, empresa de pequeno porte e cooperativa.

 

Fonte: G1 PB

Créditos Foto: Divulgação/Feline