DOR NO OMBRO: saiba identificar os sinais de uma luxação – por Jerry Boni

Olá, queridos internautas! Bem-vindos mais uma vez!

O tema de hoje é luxação do ombro. Vocês sabem quando ocorre?

A luxação, em termos médicos, é definida como a “perda do contato articular”, isto é, a separação de dois ossos que costumam estar em íntimo e contínuo contato por meio de uma área lisa e deslizante, chamada de cartilagem.

A luxação do ombro ocorre quando uma força extrema supera os mecanismos estabilizadores (lábio, cápsula e manguito) e desloca a cabeça do úmero para fora da glenóide. Chamamos de subluxação quando o úmero retorna à posição original sozinho após o deslocamento. Essas circunstâncias podem ocasionar lesões dos tecidos.

Na maioria das vezes, os danos serão no lábio e nos ligamentos. Em pacientes acima dos 40 anos, além do lábio, os tendões do manguito rotador também podem ser lesados, o que torna a luxação mais grave.

Sinais que indicam a luxação do ombro:

Os sinais e sintomas de uma luxação no ombro são:

  • Dor forte no ombro, que pode se estender para o braço e para o pescoço;
  • Um ombro pode ficar mais alto do que o outro;
  • A pessoa fica incapacidade de realizar algumas atividades e movimentos que antes conseguia fazer normalmente.

Ao notar sintomas da luxação, portanto, procure um médico imediatamente. É o profissional que vai fazer o diagnóstico correto e propor o tratamento mais indicado. Vale destacar que a dor no ombro pode indicar outras enfermidades, como já destacamos aqui em posts anteriores.

Dr. Jerry Boni – RQE: 5907 / CRM: 8753 

Médico Ortopedista e Traumatologista com treinamentos no Brasil e no Exterior, na área clínica e artroscópica Cirurgica do Ombro e cotovelo.

Contato: (83) 999411630

Atendimentos:
Clinor – unidades do Centro, Bancários e Praia

Site: www.meuortopedista.com.br

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.