Covid-19: UPA Oceania suspende atendimento por algumas horas, em João Pessoa

A Prefeitura de João Pessoa precisou suspender na manhã desta quarta-feira (17) novos atendimentos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Oceania porque ela já estava superlotada e não comportava mais novos pacientes. A medida durou algumas horas até que parte dos pacientes que estavam internados no local pudessem ser transferidos para unidades hospitalares tanto da Prefeitura como do Governo da Paraíba. Essas transferências já estão sendo realizadas e por isso o setor de triagem da UPA voltou a funcionar.

A Secretaria de Comunicação de João Pessoa (Secom-JP) explicou, contudo, que o sistema de saúde municipal está sofrendo uma pressão muito grande. E que a situação segue crítica em toda a cidade. Por exemplo, cada uma das UPAs da capital paraibana possui em média 15 leitos, mas a fila de espera em todas elas têm em média 20 pessoas.

“A capacidade de atendimento está no limite. Todas as UPAs tiveram procura nesta quarta-feira (17)”, explica Janildo Silva, secretário executivo de Comunicação.

Tentando minimizar essa alta procura por novos atendimentos, inclusive, a gestão municipal fez um apelo à população. A recomendação é que, quem apresentar sintomas leves da doença, deve ir primeiro a uma Unidade de Saúde da Família, que trata da assistência básica à saúde.

 

Só quem apresentar sintomas graves deve se dirigir a alguma das UPAs de João Pessoa.

Mais Bayeux com G1