COVID-19: presidente da Assembleia de Deus em CG é extubado e deve receber alta de UTI

Evoluiu consideravelmente o quadro clínico do pastor presidente da Assembleia de Deus em Campina Grande (IEADCG), Daniel Nunes, internado em Unidade de Terapia Intensiva no Hospital das Clínicas, em Campina Grande, com Covid-19. Ele foi extubado nesta segunda-feira (08) e já respira sem a ajuda aparelhos.

Conforme nota divulgada pela igreja, “a retirada da ventilação pulmonar ocorreu hoje à tarde e ele não apresenta sinais de desconforto respiratório”. De acordo com o documento, o pastor apresenta índice de oxigenação satisfatório e seguirá em observação médica. Ele poderá receber alta da UTI em 48 horas, se não houver nenhuma intercorrência em seu quadro de saúde, que é considerado estável.

Na última segunda-feira (01), a Assembleia de Deus em Campina Grande divulgou nota apoiando as medidas preventivas publicadas pela Prefeitura de Campina Grande. A instituição já vinha obedecendo o distanciamento social, o uso de máscaras e de álcool em gel entre os membros da igreja. “A Assembleia de Deus seguirá adotando, de forma mais incisiva, as medidas de prevenção à Covid-19”, diz a nota.

Campina Grande estava na bandeira amarela na avaliação do Governo do Estado, mas foi reclassificado para a bandeira laranja na edição do Plano Novo Normal Paraíba divulgado neste sábado (06). Com isso, os cultos deverão ser suspensos da cidade, já que em municípios avaliados com bandeiras vermelha e laranja, houve suspensão das celebrações religiosas por 15 dias no estado, de acordo com decreto estadual editado no último mês.

Fonte: Polêmica PB