Câmara de Bayeux notifica o prefeito Luiz Antonio em processo de cassação

Na última quinta-feira (24), a Câmara Municipal de Bayeux decidiu notificar o prefeito interino Luiz Antônio, no processo que pede a cassação dele com base em vídeo em que ele aparece supostamente solicitando propina a um empresário da cidade.

No vídeo, que teria sido gravado um dia antes da prisão de Berg Lima, Luiz Antônio teria solicitado ao empresário Ramon Accioli a quantia de R$ 200 mil para divulgar na imprensa um material comprometedor contra Berg Lima. O vídeo só veio à tona no mês de outubro, quando foi divulgado em um programa de tv local.

A contar do dia da notificação, o prefeito tem dez dias para apresentação sua defesa.

A Câmara da cidade tem dois processos contra o prefeito interino. No outro processo, a Casa analisa um áudio em que o gestor municipal pede à equipe de comunicação da prefeitura que espalhe informações para prejudicar o deputado federal André Amaral (PMDB).

O prefeito Luiz Antonio nega todas essas acusações.

Mais Bayeux