Câmara analisa hoje processo de cassação do prefeito Luiz Antônio

A Câmara de Bayeux está mais uma vez debruçada sobre um processo de cassação. Dessa vez, os vereadores estão reunidos para decidir sobre a cassação do prefeito interino Luiz Antonio no processo em que ele é acusado de usar a máquina da prefeitura para denegrir a imagem do deputado federal André Amaral (MDB).

Estão incluídos no processo o depoimento de testemunhas e um áudio no qual supostamente o prefeito interino pede que funcionários da prefeitura denigram a imagem do deputado federal.

São necessários 12 votos para que o prefeito seja cassada. A Câmara de Bayeux é formada por 17 vereadores. Caso os vereadores decidam pela cassação do prefeito, quem assume o cargo é o vereador Mauri Batista (PSL).

A defesa do prefeito Luiz Antônio nega todas as acusações feitas no processo. A sessão não tem horário para terminar.

Mais Bayeux