BIG TECHS: Twitter censura Donald Trump e bane perfil do americano da rede

Em uma atitude controversa, o Twitter resolveu banir e censurar o presidente americano, Donald Trump, da rede. O perfil do Republicano foi removido permanentemente, nesta sexta-feira (08), e o tema ganhou repercussão imediata em todo o mundo.

“Após uma análise cuidadosa dos tuítes recentes do @realDonaldTrump e do contexto em torno deles, suspendemos permanentemente a conta devido ao risco de mais incitação à violência”, disse a empresa. 

O banimento ocorre depois que americanos descontentes com o resultado eleição, e que alegam a existência de uma suposta fraude, invadiram o Capitólio Americano, o que é crime.

O presidente Donald Trump participou de um comício antes, mas não incentivou qualquer invasão. Ele criticou fortemente o sistema eleitoral dos Estados Unidos.

A suspensão de Trump do Twitter é a medida mais drástica tomada por uma rede social. A página do americano tinha quase 89 milhões de seguidores.

Após o banimento, a internet se dividiu. Parte dos usuários apoiou a medida, mas outros questionaram a atitude da empresa, alegando que o Twitter aceita a permanência de ditadores – que fazem incitação à violência contra outros povos e nações -, na plataforma.

Mais Bayeux