Bayeux: Estudantes de escola municipal são destaque na etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica

A Escola Luciano Ribeiro de Morais, da rede municipal de Bayeux, foi destaque na Etapa Estadual da XIII Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) 2019, que foi realizada entre os dias 27 e 31 de agosto, na Estação das Artes em João Pessoa. A unidade ficou em primeiro lugar na Categoria Maker e em 6º e 14º lugar na classificação Geral.

Esta foi a primeira vez que uma escola municipal de Bayeux participa da competição. Na primeira fase da disputa, participaram 346 equipes de escolas públicas e privadas de toda a Paraíba, sendo 60 equipes classificadas para a Etapa Final. A Escola Luciano Ribeiro participou com duas equipes, conseguindo ficar em 2º e 3º lugar na etapa regional.

“Muito feliz pelo sucesso dos nossos alunos na Olimpíada. Foram apenas dois meses de preparação sem que eles nunca tivessem contato com a robótica. A robótica permite a esses alunos aprender e reaprender. Este ano tivemos bons resultados e no próximo iremos aperfeiçoar mais e aprimorar o ensino nas escolas. Parabéns a todos os envolvidos nesse projeto”, falou o prefeito Berg Lima.

Para o diretor da unidade, Fábio Jales, o resultado foi excelente tendo em vista que foram poucos meses de preparação para a competição. “É gratificante saber que o empenho do professor Crismarkes e de nossos alunos foram recompensados. Vejo equipes que vem há anos competindo nestas olimpíadas e com mais experiência, ficando em uma colocação abaixo, o que nos faz acreditar em melhores resultados nas próximas competições.”

De acordo com o professor Crismarkes Ferreira, a classificação para a final mostra o compromisso e dedicação dos alunos, gestores e coordenadores do Programa Novo Mais Educação que acreditaram em seu trabalho na busca por inovação na área tecnológica.

Além do professor Crismarkes, a equipe de robótica da Escola Luciano Ribeiro é formada pelos alunos Alexsandro Francisco Júnior e José Eduardo dos Santos Ferreira, do 6º ano; David Senna da Silva, Idelicintia Ingrid Trajano Soares, Joanderson Silva Santos e Kauan da Silva, do 8º ano; sendo todos entre 12 a 13 anos de idade.

 

Fonte: Coordecom

Créditos: Reprodução/Coordecom