Vendas no comércio da Paraíba registram alta em fevereiro, mas índice é um dos piores do NE

O volume de vendas do comércio varejista na Paraíba voltou a crescer e teve uma tímida alta de 0,7%, em fevereiro, frente a janeiro. A informação é do G1 Paraíba.

A variação, no entanto, tem sentidos distintos. Por um lado, representa uma marca um pouco maior do que a verificada na média do país (0,6%), mas por outro é uma das menores do Nordeste, acompanhada pelo Ceará (0,7%).

Nessa mesma comparação, a receita nominal de vendas do setor paraibano teve expansão de 1,6%. Contudo, essa também foi uma das menores da região, junto ao Maranhão (1,6%), e ficou levemente acima da média brasileira (1,5%).

Em relação aos resultados de fevereiro de 2020, o volume de vendas no estado apresentou a 8ª redução (-7,5%) mais intensa do Brasil, mais forte que a verificada na média geral (-3,8%). Por outro lado, foi constatado um aumento de 2% na receita, embora esse tenha sido inferior ao índice nacional (6%).

Já no acumulado de 12 meses, o indicador do volume de vendas não registrou variação, ficando em 0% em fevereiro, apontando que não houve evolução ou retração nesse período, enquanto o da receita nominal assinalou alta de 5,5%. No cenário nacional, esses índices foram de 0,4% e 6,1%, respectivamente.