Polícia Federal deflagra operação para combater abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

A Polícia Federal (PF) participa, na manhã desta quarta-feira (4), da 5ª fase da Operação Luz da Infância, que investiga autores de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes publicados na internet. Ao todo, são 656 policiais, espalhados em 14 Estados brasileiros, Distrito Federal e nos Estados Unidos, Paraguai, Chile, Equador, Panamá e El Savador.

São 105 alvos na operação. Estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão de arquivos relacionados à exploração sexual praticada contra crianças e adolescentes. Nesta fase, foram analisados 312 mil arquivos, com um volume total de 3,8 terabytes, o que equivale a 3.900 gibabytes.

A operação está sendo coordenada a partir do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN), em Brasília. As ações da PF estão acontecendo no Alagoas, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, São Paulo, Santa Catarina e no Distrito Federal, no Brasil, além de Estados Unidos, Paraguai, Chile, Equador, Panamá e El Savador.

Esta é a quinta fase da operação. Na quarta, realizada em 28 de março deste ano, um aluno da Universidade de São Paulo (USP) foi preso em sala de aula por agentes da Polícia. Na terceira fase, que aconteceu em novembro de 2018, foram analisados mais de 500 mil arquivos, que resultaram em mandados de busca e apreensão em 22 Estados brasileiros.

 

Fonte: Mais PB

Créditos: Marcelo Camargo/Agência Brasil