MP pede a Ministério da Saúde que priorize envio da CoronaVac à PB

O Ministério Público Federal (MPF), o Ministério Público da Paraíba (MPPB) e o Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) enviaram um ofício ao Ministério da Saúde, nesta sexta-feira (16), solicitando que seja considerada a possibilidade de que, nas próximas remessas de vacinas ao Estado da Paraíba, seja priorizado o envio da CoronaVac/Butantan, a fim de regularizar a situação das pessoas que tomaram a 1ª dose, mas ainda não receberam a segunda pela quantidade insuficiente do imunizante.

O ofício enviado ao Departamento de Logística do Ministério da Saúde – assinado por membros dos três ramos do Ministério Público na Paraíba – tem como objetivo atingir uma completa imunização, sem que haja mais prejuízos para a população e desperdício das vacinas. O Ministério Público concedeu um prazo de 72 horas para que o Departamento de Logística do Ministério da Saúde se manifeste sobre a demanda apresentada por meio de ofício.

Desde o início da vacinação contra a covid-19, em janeiro deste ano, os três ramos do Ministério Público na Paraíba têm atuado de forma conjunta para acompanhar o processo e fazer com que a população seja imunizada o quanto antes, respeitando os públicos prioritários, impedindo irregularidades e preservando o direito de todos à saúde e à vida. Confira AQUI o ofício enviado ao Ministério da Saúde.

Fonte: MPPB