Juliette Freire pede ‘fora Bolsonaro’ e critica gestão da pandemia um dia após live com aglomeração

A paraibana vencedora do Big Brother Brasil, a advogada Juliette Freire, engrossou o coro de artistas de esquerda que querem a saída do presidente Jair Bolsonaro. Nesta segunda-feira (21), ela criticou o desempenho do Governo Federal na pandemia e pediu ‘fora Bolsonaro’.

“500 mil mortos no Brasil! Não são apenas números. É uma terrível consequência da negligência da gestão do atual governo Bolsonaro. Eles tinham como ter evitado essa tragédia. É claro que é #ForaBolsonaro”, escreveu.

Juliette ainda não tinha se posicionado enfaticamente em relação à política, mas já tinha defendido medidas de isolamento social. Apesar disso, em evento neste fim de semana, a paraibana foi fortemente criticada por ter promovido aglomeração em uma live com artistas.

O “Arraiá” do Safadão teve a participação de muitos famosos como Juliette, Israel e Rodolffo, Alceu Valença, Tirullipa e o influenciador Carlinhos Maia. Também teve a apresentação com quadrilha e internautas criticaram pela aglomeração formada nos bastidores.

Em vídeos publicados nas redes sociais, é possível ver que a live tinha público presencial e algumas pessoas não utilizavam máscara, proteção fundamental para conter a transmissão de covid-19.