Homem é preso acusado de extorquir e ameaçar a mãe, em João Pessoa

Um ex-presidiário foi preso nesta quarta-feira (20) por policiais civis, após ser acusado de praticar violência doméstica contra a própria mãe, uma idosa de 72 anos de idade. O homem, de 38 anos, foi localizado no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, por equipes da Delegacia de Atendimento à Mulher da Zona Sul de João Pessoa (Deam/Sul).

O preso já cumpriu pena no Presídio Silvio Porto, por tráfico de drogas. Apesar de já estar em liberdade, ele admitiu que ainda é usuário de entorpecentes.

Os investigadores foram até a residência do homem, após serem informados que ele mantinha a própria mãe sob constantes ameaças de morte.

“Ele usava uma arma branca, para obrigar a mãe a sacar dinheiro da aposentadoria e entregar a ele. Esse dinheiro era usado para pagar traficantes. Ele ainda dizia que iria atear fogo na residência da mãe, caso a exigência não fosse atendida “, informou Wládia Holanda, delegada adjunta da Deam Sul.

A vítima, que possui dificuldades de locomoção, ainda era agredida verbalmente pelo filho. Com medo das ameaças, a idosa saiu de casa nessa terça-feira (19) e se refugiou na casa de parentes, que procuraram a Deam Sul nesta quarta-feira. “Assim que ela chegou à delegacia e nos comunicou o caso, acionamos nossos investigadores que se deslocaram até a residência, onde prenderam o filho em flagrante delito”, acrescentou Wládia.

Carlos Eduardo foi enquadrado em crimes de injúria, ameaças de extorsão, previstos no Código Penal Brasileiro e na Lei Maria da Penha. Ele será conduzido à carceragem da Central de Polícia Civil, no Geisel. Nesta quinta-feira (21), o preso deverá ser apresentado ao Poder Judiciário durante audiência de custódia.

“Esperamos que o Poder Judiciário converta a prisão em flagrante em prisão preventiva. Ele, em liberdade, representa um risco para a vida e integridade física da própria mãe, que é uma senhora de idade e debilitada”, observou a delegada.

 

Fonte: Mais PB

Créditos Foto: Reprodução/Internet