Gaeco realiza operação contra desvio de R$ 154 mil no DER

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba (MPPB), desencadeou, na manhã desta quinta-feira (21), a quinta fase da operação Papel Timbrado. Seis mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos.

As medidas acontecem no Departamento de Estradas e Rodagens (DER) da Paraíba, nas residências de três alvos, dentre os quais, integrante e ex-integrante do corpo de servidores daquele órgão, na Consultoria e Construções Santa Luzia, no município do mesmo nome, e na casa do engenheiro da Monte Belle LTDA- ME, no Recife. A autorização foi dada pela 6ª Vara Criminal de João Pessoa.

De acordo com as investigações, empresários investigados e já denunciados pelo Gaeco, ao tempo da citada operação, por participação em organização criminosa, em conluio com servidores integrantes do DER (então chefe da DCM e integrantes da Comissão Permanente de Licitação) fraudaram procedimento licitatório relacionado à construção do aterro de acesso à ponte sobre o Rio Estivas (PB 041) e contribuíram para o desvio e a apropriação dos recursos públicos dele provenientes, em prejuízo estimado em R$ 154 mil aos cofres públicos do Estado.

Pelos fatos praticados, os investigados envolvidos na trama, de acordo com suas responsabilidades, irão responder pelos crimes previstos nos seguintes artigos: art. 90 da Lei nº 8.666/93 e 312 do Código Penal.

 

Fonte: Mais PB

Créditos Foto: Ilustração