Fernando de Noronha confirma quinta morte por Covid-19

Fernando de Noronha contabilizou a quinta morte por Covid-19. O óbito foi confirmado pela Administração da Ilha, na noite da segunda-feira (28). A vítima tinha 43 anos e estava internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de referência localizado no Recife.

A paciente morreu na sexta-feira (25). O governo local também confirmou mais três casos de infecção pelo novo coronavírus na ilha. Com isso, Fernando de Noronha totalizou 712 registros da doença.

Desse total, 691 pessoas estão recuperadas da infecção. Há, ainda, 16 pessoas infectadas em quarentena na ilha.

Enfrentamento à pandemia

Representantes de Fernando de Noronha estiveram, na segunda-feira (28), em um evento promovido pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), no Recife, que é realizado até a sexta-feira (2) para trocar experiências no combate à Covid-19 entre os estados e municípios brasileiros e outros países.

O encontro é realizado através de uma parceria do Ministério da Saúde, do Conselho Nacional de Secretários de Saúde e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde.

 

No evento, o médico Mozart Sales, especialista da Secretaria Estadual de Saúde e coordenador do termo de cooperação entre o governo e a Opas, apresentou as ações de enfrentamento à pandemia na ilha.

Ele destacou as medidas de restrição implementadas em Noronha desde o início da pandemia, em março de 2020, como quarentena, os protocolos para a retomada do turismo e o estudo epidemiológico em cinco fases.

Também falou sobre a vacinação em massa, que atinge quase 98% da população adulta, com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19.

Segundo Mozart Sales, o governo estadual planeja testar a população vacinada em três etapas, nos meses de julho e outubro de 2021 e no início de 2022. A ideia é fazer a coleta de material sorológico para monitorar os anticorpos presentes nas pessoas a partir dessa imunização.

Fonte: G1