Desembargador suspende eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Bayeux

O desembargador Oswaldo Trigueiro do Valle Filho decidiu suspender a eficácia de uma emenda à Lei Orgânica que modificou o regimento interno da Câmara Municipal de Bayeux permitindo a antecipação da eleição da Mesa Diretora. Com a decisão, obtida pelo ClickPB, fica anulada a votação que escolheu a Mesa Diretora da Câmara de Bayeux para o segundo biênio.

O acórdão da decisão foi publicado nesta segunda-feira (16) após sessão deliberativa no Tribunal de Justiça da Paraíba. De acordo com o entendimento do desembargador, a matéria para modificar o regimento interno deveria ter sido apreciada em dois turnos, o que não teria acontecido.

Como o projeto de emenda à Lei Orgânica não foi votado em dois turnos, o que seria inconstitucional, a modificação no regimento interno da Câmara é considerada prejudicada e, por consequência, também fica inconstitucional.

O vereador Jefferson Kita havia sido escolhido para presidir a Câmara de Bayeux no segundo biênio.

A matéria foi levada para o plenário do Tribunal de Justiça da Paraíba e a medida liminar foi deferida por unanimidade.

O desembargador Oswaldo Trigueiro determinou que a Câmara de Bayeux seja notificada para prestar as informações necessárias no prazo de 30 dias. 

 

Fonte: ClickPB

Créditos: Walla Santos

Comentários

Loading Facebook Comments ...