COVID-19: Bayeux quer bloquear salários de servidores que se recusarem a tomar a vacina

A prefeitura de Bayeux acendeu o alerta e anunciou uma série de medidas para evitar a recusa ou a escolha de vacinas.

A decisão ocorreu depois que uma servidora veio a óbito, infectada por Covid-19, após se recusar a tomar a imunização.

Dentre as medidas anunciadas, obtidas em primeira mão hoje pelo Arapuan verdade, está o bloqueio dos salários dos servidores que se recusarem a tomar a imunização.

O secretário de saúde Adriano do táxi disse ao Arapuan verdade, que cidadãos da cidade, que não se vacinarem dentro de sua faixa etária, também ficarão impedidos de adentrarem em agências bancárias.

As medidas serão publicadas em um decreto editado pela prefeita da cidade, Luciene gomes.