AIJE EM BAYEUX: defesa pede arquivamento e Justiça dá prazo para Ministério Público se pronunciar

A Justiça abriu vistas para o Ministério Público se pronunciar em AIJES que investigam a prefeita de Bayeux, Luciene Gomes, por abuso de poder político e econômico nas eleições de 2020.
Isso porque a defesa apontou uma questão incidental nos processos, por ausência de citação ao vice-prefeito municipal.
Com isso, o juiz abriu vistas para que o Ministério Público se pronuncie sobre a questão, o que deve ocorrer nos próximos dias.
A tendência é que as ações sejam arquivadas, mas a decisão ainda só deve sair após pronunciamento do MP.